Navegar usando este índice

Especial | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Todos

Página: (Anterior)   1  ...  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  (Próximo)
  Todos

I

Itinerário terapêutico de motociclistas acidentados da IV Regional de Saúde de Pernambuco

por ESPPE Portal EAD - quarta, 7 jul 2021, 13:52
 

Autora: Isabella Nayara Santos Silva

 

RESUMO

Introdução: Acidentes de transporte terrestre representam um importante problema para a saúde pública mundial em decorrência das altas taxas de mortalidade e morbidade relacionadas ao assunto. Segundo dados da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET), os motociclistas apresentam a segunda maior taxa de internação hospitalar por acidente de trânsito. Objetivo: Conhecer o itinerário terapêutico de motociclistas vítimas de acidentes de trânsito atendidos no Hospital da Restauração Governador Paulo Guerra do Recife no ano de 2016. Método: Estudo descritivo cuja população foi composta por motociclistas maiores de 18 anos que sofreram acidente de trânsito terrestre e estavam internados no setor de trauma do Hospital da Restauração Governador Paulo Guerra entre os meses de maio a agosto de 2016, cujos municípios de ocorrência do acidente pertencem à IV Regional de Saúde do Estado de Pernambuco. Realizou-se a abordagem qualitativa e através de entrevista semi-estruturada os dados fora analisados com base na Análise de Conteúdo temática de Minayo. Resultados: Seis entrevistados, todos do sexo masculino, oriundos do estado de Pernambuco, com predominância de raça autorreferida, parda. Majoritariamente estavam na faixa etária de 20 – 29 anos. Quanto à escolaridade houve equivalência entre o ensino fundamental, completo ou incompleto e o ensino médio, completo ou incompleto. Todos os entrevistados encontravam-se empregados. A maioria possuía remuneração menor que dois salários mínimos. Nenhum dos entrevistados possuía plano de saúde privado. Entre os Eixos Temáticos considerados observou-se que os primeiros-socorros foram prestados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que conduziu os acidentados para hospitais de municípios da IV regional de saúde. Segundo os entrevistados os motivos das transferências hospitalares se deram pela falta de médicos especialistas e pela superlotação no Hospital Regional do Agreste (HRA). Conclusão: Este estudo sobre itinerário terapêutico de motociclistas acidentados possibilitou obter um panorama do perfil das vítimas de acidentes de moto na IV Região de Saúde de Pernambuco. Os subsídios gerados pelos resultados possibilitam os gestores obter maior conhecimento a cerca do perfil de motociclistas
acidentados e da utilização e limitações dos serviços de um hospital da Rede de Urgência e Emergência.


Palavras – chave: Acidentes de trânsito. Emergências. Morbidade. Mortalidade. Motocicletas. Serviços de Saúde.

 

Permissões inválidas detectadas ao tentar criar um diretório em $CFG->dataroot. O administrador deve corrigir estas permissões.

Outras informações sobre este erro

Atividade anterior Atualização do moodle
Próxima atividade SUSpirando