Navegar usando este índice

Especial | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Todos

Página: (Anterior)   1  ...  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  (Próximo)
  Todos

R

REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL: CENÁRIO E DESAFIOS EM UM MUNICÍPIO DO SERTÃO DO PAJEÚ

por ESPPE Portal EAD - quarta, 7 jul 2021, 11:41
 

Autora: ANNA CECÍLLIA ALVES DE SOUZA

 

Resumo
O processo de instituição de Redes de Atenção à Saúde (RAS) no Brasil é recente e objetiva atender a demanda da complexidade das necessidades de saúde do país. A Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) foi instituída, como uma Rede Temática dentro da RAS, visando o acesso e integração aos serviços pelas pessoas com transtornos. É neste cenário que a presente pesquisa buscou analisar o fluxo assistencial e o processo de trabalho dos profissionais na Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) no município de Afogados da Ingazeira, localizado no sertão do Pajeú, no estado de Pernambuco, em 2017. Para tal foi realizada uma pesquisa documental em normas/portarias nacionais e estaduais, além de resoluções das comissões intergestores regionais (CIR) e entrevistas semiestruturadas com os profissionais e um usuário da RAPS municipal. Após análise do material coletado foi possível compreender que a RAPS de Afogados da Ingazeira apresenta desafios quanto a qualificação profissional e a comunicação entre os serviços. Entretanto, vem alcançando avanços, principalmente em uma atuação extramuros do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), assumindo um papel matriciador, importante na gestão, no acesso ao cuidado e na qualificação e implementação da RAPS municipal.


Palavras-chave: Saúde Coletiva, Saúde Mental, Fluxos Assistenciais, Rede de Atenção Psicossocial, Apoio Matricial

 


Rede Regional de Educação Interprofissional das Américas

por ESPPE Portal EAD - quarta, 7 jul 2021, 15:26
 
A Rede Regional de Educação Interprofissional das Américas (REIP) é uma estratégia de articulação e cooperação técnica entre instituições educacionais, organizações profissionais e Ministérios da Saúde e Ministérios da Educação, com o objetivo de promover a educação interprofissional e a prática colaborativa em atenção à saúde na Região das Américas.

Redescola e a Nova Formação em Saúde Pública

por ESPPE Portal EAD - sexta, 1 set 2023, 08:34
 
Este livro traz o registro de uma proposta coletivamente construída com o objetivo de formar sanitaristas afinados ao atual contexto do Sistema Único de Saúde, conformado por cenários cada vez mais complexos e desafiadores. A proposta partiu de um movimento instaurado entre a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) e instituições parceiras, sob a coordenação da Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública (REDESCOLA). 

Regimento interno da ESPPE

por ESPPE Portal EAD - segunda, 5 jul 2021, 14:24
 
Regimento interno da ESPPE

Relatórios Oficinas Regionais PEPS

por ESPPE Portal EAD - quarta, 31 ago 2022, 10:36
 

Relatórios Oficinas Regionais PEPS

 

S

SAÚDE MENTAL NA IV REGIÃO DE SAÚDE DE PERNAMBUCO: UM RELATO DE EXPERIENCIA

por ESPPE Portal EAD - quarta, 7 jul 2021, 14:14
 

Autora: JULIANA LUCENA VIEIRA DE LIMA

 

RESUMO

O presente artigo se propõe a refletir sobre a saúde mental na IV região de saúde do estado de Pernambuco, permeando pela Reforma Psiquiátrica Brasileira em um contexto de regionalização no agreste setentrional do estado. Foram consideradas as vivências de uma profissional de fisioterapia residente de saúde coletiva da Escola de Governo de Saúde Pública de Pernambuco – ESPPE, a qual passou dois anos na região e, dentre esse tempo, três meses na coordenação da política de saúde mental. A saúde mental ainda não é uma linha de cuidado prioritária para a gestão do SUS na região, mesmo tendo o estado de PE delimitado a mesma como uma das linhas de cuidado a ser estruturada nas regiões de saúde. A reforma psiquiátrica precisa ser descentralizada e chegar ao agreste setentrional do estado de Pernambuco.


Palavras – chave: IV Região de Saúde. Saúde Mental. Residente. Saúde Coletiva. Reforma Psiquiátrica Brasileira.

 


SISTEMATIZAÇÃO EM MODELO LÓGICO DAS ATRIBUIÇÕES DOS GRUPOS CONDUTORES NO PROCESSO DE PLANEJAMENTO REGIONAL INTEGRADO EM PERNAMBUCO

por ESPPE Portal EAD - sexta, 1 set 2023, 08:34
 

Sistematização em modelo lógico das atribuições dos grupos condutores no processo de planejamento regional integrado em Pernambuco / Governo do Estado de Pernambuco. Secretaria Executiva de Gestão Estratégica e Participativa. Diretoria Geral de Gestão Regional em Saúde. Superintendência de Planejamento e Articulação Regional. Recife: SES-PE, 2022.


SISTEMATIZAÇÃO EM MODELO LÓGICO DAS ATRIBUIÇÕES DOS GRUPOS CONDUTORES NO PROCESSO DE PLANEJAMENTO REGIONAL INTEGRADO EM PERNAMBUCO

por ESPPE Portal EAD - quarta, 9 nov 2022, 12:55
 

Sistematização em modelo lógico das atribuições dos grupos condutores no processo de planejamento regional integrado em Pernambuco / Governo do Estado de Pernambuco. Secretaria Executiva de Gestão Estratégica e Participativa. Diretoria Geral de Gestão Regional em Saúde. Superintendência de Planejamento e Articulação Regional. Recife: SES-PE, 2022.


T

TERAPIA ANTIRRETROVIRAL: A ASSOCIAÇÃO ENTRE O TEMPO DE TRATAMENTO E SINTOMATOLOGIA COM A ADESÃO

por ESPPE Portal EAD - quarta, 7 jul 2021, 14:30
 

Autora: MARIA AMÉLLIA DE QUEIROS NASCIMENTO MALAQUIAS

 

Resumo
Objetivo: Verificar à associação da adesão à TARV com o tempo de tratamento e sintomatologia. Métodos: Estudo quantitativo, descritivo, observacional, com corte transversal, realizado no Serviço de Assistência Especializada (SAE), localizado no Sertão do Pajeú - PE. Resultados: Obtidos 56,4% do sexo masculino, com faixa etária predominante dos 40 a 60 anos, escolaridade de ensino do primeiro grau incompleto 58,2%, tempo de diagnóstico entre 1 a 5 anos 40%. Os dados demonstram que a 60% usam o preservativo no ato sexual, e 50.9% se contaminaram por via sexual. Percentual de 98,2 encontrava-se assintomáticos com carga viral indetectável 50,9% e com adesão inadequada 80,0%. Adesão com a sintomatologia p < 0,05 e com tempo de tratamento p=0,2001. Conclusão: Não houve associação estatística entre o tempo de tratamento e a adesão à TARV (p=0,2001). Contudo, houve associação estatística entre as pessoas sintomáticas e a adesão à TARV (p< 0,05).


Palavras-chave: Aids; HIV; adesão; terapia antirretroviral.

 


TRAÇANDO NOVOS OLHARES SOB ANTIGOS DESAFIOS: PERFIL SOCIOASSISTENCIAL DAS PESSOAS VIVENDO COM HIV E A ADESÃO A TARV EM GOIANA-PE

por ESPPE Portal EAD - quarta, 7 jul 2021, 11:45
 

Autora: CÍNTIA REGINA DE ASSIS OLIVEIRA

 

RESUMO

O artigo pretende trazer a tona desafios de aderir ao TARV e viver bem com assistência e o HIV. Objetivo: traçar e verificar o perfil sociassistencial das pessoas que fazem adesão a terapia antirretroviral no SAE- Goiana, Método: estudo exploratório descritivo, sendo parte de um projeto de maior titulação com caráter de doutoramento, baseado em dois questionários: Sociodemográfico e CEAT-VIH. Resultados: foram entrevistados 52 usuários do serviço, 30 mulheres e 22 homens. O nível de instrução escolar é baixo, grande parte composta por negros e pardos, renda igual ou inferior a um salário mínimo, níveis de adesão não considerados satisfatórios de acordo com os critérios do instrumento utilizado e fatores socioassistenciais. Conclusão: A falta de programas de apoio assistenciais ainda é um contexto real enfrentado pelos usuários que continua a incidir na epidemia; sucateamento dos serviços, forte estigmatização do HIV em cidades interioranas, dificulta a adesão.


PALAVRAS-CHAVE: HIV; adesão medicamentosa; tratamento antirretroviral; fatores sociológicos

 



Página: (Anterior)   1  ...  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  (Próximo)
  Todos